Aleluia – ouvimos!

E aí eu li quatro ou cinco comentários bem empolgados sobre o novo disco da Cascadura, banda baiana com uma estrada longa, mas ainda pouco reconhecida. Fui ouvir e, sem rodeios, gostei do que ouvi.

Imagem

A faixa de abertura de abertura do álbum Aleluia, me deixou com os ouvidos atentos com as primeiras notas dos metais que acompanhavam. Na hora, a música me remeteu a um Móveis Coloniais de Acaju que tenho sentido falta – mais tarde, vim saber que de fato os instrumentos de sopro foram gravados pelos “metaleiros” do Móveis – mas tinha personalidade própria. Um peso e uma verve diferente. Além de ser incrivelmente redonda. Só essa música valeria o álbum. Mas ainda bem que temos dois álbuns pra conhecer um pouco mais do projeto Aleluia

A partir da abertura o que se vê é uma aventura musical. Os músicos passeiam com competência pelas diversas áreas musicais, incluindo elementos regionais como a rabeca e o clima “sertão” de Colombo. Aleluia pode ser visto como um apanhado de influências que vai do pop ao regional e vice-versa. E sim, tudo isso, mesmo tão variado, funciona incrivelmente bem.

E aí vem a melhor parte. O álbum é dividido em duas partes. Dois cds que tem climas em momentos quase paralelos. Confesso que curti mais o primeiro grupo de músicas ao segundo, porém não dá pra deixar de elogiar a produção do álbum como um todo. Entretanto as músicas que se afastam um pouco da pegada rock, apesar de lindas e bem trabalhadas, destoam na cronologia do álbum. Mas sempre vem a música seguinte ou uma frase que nos lembra onde estamos.

As melodias criativas, os fins imprevisíveis, as misturas rítmicas e as letras que nos marcam de uma maneira sincera e sem muita pretensão são os principais pontos fortes deste quinto álbum da banda. Destaque para a presença de Móveis Coloniais de Acaju em Aleluia e Pitty em Mulher de Roxo. Esta última um destaque do álbum com uma atmosfera árido-movie que vai fazer muita gente bater cabeça enquanto curte. Recheado de referências pop e bastante criativa Rei do Olhar.  Destaque ainda pra Colombo, Delator e a deliciosa Cantem Aleluia.

A Cascadura é formada por Fábio Cascadura e Thiago Trad, que ainda melhoraram a proposta desse álbum ótimo com a disponibilização no site deles – em qualidade alta, inclusive. Passem no site e baixem: é reconhecimento.

Download do disco aqui

Aqui uma amostra do player deles do Soundcloud

 

Enjoy! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s